25 de ago de 2010

Review - Blazblue Calamity Trigger PC

Finalmente, depois de quase dois anos de lançamento nos fliperamas japoneses, saiu a versão deste jogo de luta 2d para computadores. Tanta demora valeu a pena? É o que veremos.



Blazblue?

Que diabos de nome é esse? Blazblue? Deusolive aheuaHEUAhuea Pior que o nome do jogo é só o nome de alguns personagens HAUEHAUheuaEHauhu Mas enfim, este é um jogo de luta 2d feito pela Arc System Works, famosa pelos jogos da série Guilty Gear. Na primeira vista ele parece um Guilty Gear, mas como gráficos em alta definição.

Guilty Gear HD?



Após jogar um pouco do jogo, perde-se está impressão de ser um Guilty Gear HD. A velocidade do jogo é mais lenta e a jogabilidade não é tão fácil de pegar. Os comandos são basicamente, ataque fraco, ataque médio, ataque forte e um ataque lokão que dependendo do personagem tem efeito diferente. Jin congela os adversários com este botão, Noel usa suas pistolas neste comando e Carl controla um robo com isto. Também existem comandos para cancelar golpes, defesas especiais e super pulos, mas seria muitos coisa para explicar. Tá com dúvidas? Pergunta pro Google aUHEUAehuaEHau

Só doze personagens?



Apesar dos poucos personagens, 12 no total, eles são totalmente únicos. Não existe nada do tipo Ryu e Ken, de Street Fighter, ou Scorpion e Sub Zero, de Mortal Kombat. E aprender a jogar com todos os personagens deve se levar um bom tempo. Atualmente to conseguindo jogar muito bem com Ragna, mas todos os outros bonecos eu sou muito tosco, pois eles são tão diferentes que nem sei por onde começar. Para ter uma noção a personagem V-13 lembra mais uma navezinha do R-Type do que uma lutadora. Só vendo para entender.

E o jogo é bom?

Sim, realmente este jogo é muito bom. No inicio eu achei ele meio nada a ver. Fiquei pensando: "porra pagaram o maior pau para essa merda!". Mas quando eu consegui entender a pilha do jogo as coisas ficaram muito mais claras. É um baita jogo, muito bem feito e muito inteligente. Não é todo dia que fazem um jogo de luta tão original do nada. A jogabilidade é um pouco mais lenta que da série Guilty Gear, acredito que isso foi feito para ajudar o pessoal iniciante neste tipo de jogo, mas depois de um tempo dá para se acostumar tranquilo. Jogar num teclado não tem como. Eu recomendo o controle do Sega Saturn Usb. Dae fica tudo certo. É dificl algum comando falhar. Os gráficos são de encher os olhos. Apesar dos personagens serem em 2d, os sprites são em alta resolução, o cenário é todo em 3d e roba toda a cena. É algo muito bonito de se ver. O som apesar de ter sido gravado com bateria eletrônica ele é muito bom. Guitarras pesadas e metalzão de primeira, lembrando bastante as músicas do Guilty Gear.

Falhas?

Sim, existe uma. O modo Story. Rola uma encheção de linguiça que não consegui aguentar nem 10 minutos. O jogo simplesmente fica tacando um monte de informação, com imagens estáticas e tu luta a cada 5 minutos. Isso me lembrou aqueles jogos toscos de hentai japonêses que tu fica só clicando sim ou não. Fraco pra caralho. Pelo menos o modo Arcade é muito mais direto.

Conclusão

Apesar demorar um bom tempo para aprender a jogar e o modo história ser ridiculo, vale muito a pena. Principalmente para fazer duelos com amigos. Ainda mais para PC que tem muitos poucos jogos neste estilo além dos já manjados Street Fighter IV, Guilty Gear XX e King of Fighters 99 Evolution. Altamente recomendado!!!

Nota Geral do Jogo 9

Nenhum comentário: