27 de dez de 2008

AVGN - Bible Games II

Pra mim natal eh frescura... de qualquer maneira, fiquem com o Angry Video Game Nerd e sua recente segunda review de jogos biblicos. (tudo sem acento por motivo de forca maior)


22 de dez de 2008

Japa Metal!

Isso é para mostrar que não é só de abertura de anime que os músicos japoneses vivem.

Galneryus - Silent Revelation



Gonin Ish - Rou no Aruji e Kyoumon Kokuin Shintai



Sex Machineguns - Burn



X Japan - Dahlia

20 de dez de 2008

Nintendinho Music!

Que Guitar Hero q! Sonzeira mesmo tinha o Nintendinho! Segue abaixo cinco músicas de classicos das antigas.

Castlevania - Vampire Killer



Double Dragon



Megaman 2 - AirMan, BubbleMan, CrashMan e FlashMan



Metal Gear



Super Mario Bros

14 de dez de 2008

Dismember!!!

Eu queria falar sobre Paper Mario... mas me limito a dizer que é um joguinho de plataforma com um lance de alternar camêra entre plano 2D e 3D...

Eu ia falar sobre Brothers in Arms: Hell's Highway... mas digo apenas que é um FPS de guerra, com um enredo bem trabalhado, um certo foco em estratégia e uma I.A. meio burra...

Vou falar mesmo é sobre o jogo que mais me chamou atenção nos últimos meses... DEAD SPACE!!



Quem tiver as ferramentas pra rodar o jogo, que adquira-o agora! É garantido...

Dead Space passa-se em uma espaçonave(O.O), no espaço (!!!), cheeeio de mortes (*.*). Mas não é um mero jogo de tiro em terceira pessoa. O jogo todo é muitíssimo bem trabalhado.

A interface é demais. Nunca tinha vito nada assim antes... é TOTALMENTE fundida com o ambiente de jogo... desde a contagem de munição, até o marcador de vida...




A sanguinolência... hehe,,, lembro que no Gears of War, o personagem do jogador levava uns tiros e simplesmente explodia... muito sangue, muito legal... porém no Dead Space, o jogador é sempre morto de várias maneiras diferentes, perfeitamente desmembrado, numa grande sincronia, como se fosse um balé clássico chafurdando em tripas, pernas e esguichos de sangue! E falando em desmembração... essa é uma das sacadas do jogo... a melhor maneira de se matar os inimigos é atirar nas juntas... fazer voar braço, perna! Headshot é pros fracos...




Outra comparação inevitável é com Bioshock. As cutscenes, os personagens, a trama, as lojinhas espalhadas pelo cenário, os upgrades de armas... sem dúvida seguem a mesma linha... entretanto Bioshock é em primeira pessoa. Nisso dou um ponto a mais pra Dead Space... a animação do personagem é perfeita! Correndo, morrendo, atirando... é demais!

E aqui entra outro detalhe que eu achei interessante... sempre dei muito valor à trama dos jogos. Entretanto, apesar de achar a trama de Bioshock melhor (o conceito de "Rapture", uma cidade utópica nas profundezas do oceano, os diálogos, os personagens), achei Dead Space um jogo mais divertido. A imersão no jogo é maior.

Me parece ainda que existe uma série animada de Dead Space. Hei de averiguar... sendo ela digna, e havendo tempo, postarei algo sobre isso mais além. Valeu.

1 de dez de 2008

A Elite da Música Brasileira

Marli: com uma voz hipnotizante, melodias tocantes e letras repletas de pura poesia, Marli é a rainha definitiva da MPB.


Ednaldo Pereira: com uma mente aguçada, mensagens de conscientização social e um senso musical incomparável, Ednaldo Pereira proporciona aos ouvintes, através de sua música, uma experiência quase celestial.



Hélio dos Passos: a música de Hélio dos Passos remete-nos às coisas boas da vida. Com um swing descolado, cantando as maravilhas do amor, Hélio dos Passos sintetiza em sua música tudo o que há de bom na existência.



Sônia Rocha: Sônia sempre nos presenteia com as mais belas melodias, sempre homenageando grandes personalidades, que assim como ela, deixaram sua marca na história da humanidade.



MENÇÃO HONROSA -> Lidio: suplanta palavras.