22 de ago de 2008

Tattoo

Não consigo pensar em outra forma de arte que seja tão mal-vista quanto a tatuagem. Quem nunca ouviu alguma história de alguém que deixou de pegar um emprego por ser tatuado (sim, às vezes o pessoal exagera um pouquinho, mas bem pouquinho), ou de alguém que tenha deixado de empregar outrém, por este possuir tatuagens? Quantas “crises familiares” já não foram desencadeadas por causa da garotinha de 14 anos que apareceu em casa com um desenho na pele (justamente com a intenção de causar)?

Especula-se que a origem da tatuagem remonte ao período Neolítico (aprox. 8500 a.C.-4500 a.C). Creio que as evidências mais remotas do uso das tatuagens encontram-se na pele de Ötzi, a múmia encontrada nos Alpes italianos. Tratavam-se de pontos e linhas espalhados pelo corpo do indivíduo. Vem-me logo à cabeça uma comparação com a computação gráfica e sua evolução.

Ao longo do tempo, inúmeras tribos e povoados desenvolveram técnicas próprias de criação de desenhos permanentes no corpo. Antes de espelhar uma forma de arte, tatuagens serviam como fator de intimidação de inimigos. Talvez por isto carreguem até hoje este fardo.

Está claro que a tatuagem move-se em direção à “redenção”. Desde reality shows até super-gostosas tatuadas, até a TV (que infelizmente é o que forma a consciência do povo) abriu suas portas. Ainda assim, o estilo japonês Tebori de tatuagem segue sendo associado à Yakuza... se você fizer uma tatuagem chinelona, com um compasso e tinta de caneta na mão, vai ficar com cara de presidiário... pelo prisma de diversas religiões, tatuagem constitui auto-mutilação... quem tem tattoo não vai pro céu... etc, etc...

O que me trouxe a esta postagem foi uma galeria muitíssimo legal que eu vi, composta por imagens de tatuagens feitas com uma tinta que reage à luz-negra (“UV ink”). Fora do alcance da luz-negra, os desenhos são invisíveis. Ao que pude perceber, é um método totalmente seguro e duradouro. Apesar de ser uma técnica relativamente nova, não há indícios de tatuagens que tenham desbotado ou desaparecido. Você chega na tal galeria clicando aqui.

5 comentários:

Irmão Fabiano disse...

Se você for pensar nos outros, jamais fará uma tatuagem. A minha fiz e pronto, mesmo todos sendo contra. Fodam-se, ehehhe!

Para piorar, minha tatuagem é um Joker Caveira enorme na parte de fora do braço, o que ocasionou um verdadeiro furor na família, ahuahuauh

Abraço.

Coach disse...

Essa tatuagem de luz negra eu ja tinha ouvido falar!
Mas nunca tinha visto!
Fica muito foda!!

Victor Paiva disse...

Eu tenho 7 tatuagens estou em busca da oitava
procurei o meu tatuador e ele me falou que essa tinta está sendo recolhida pois ela contem chumbo na composição e é altamente cancerigina ele me mostrou as duas cores que ele tem lah a rosa e a preta abas contem chumbo pois eu li o rotulo.
ele vai encaminhar pra devolução
é uma pena. pq eu gostaria muito de ter uma assim

MARY TATTOO disse...

essa tinta só para ter noção na embalagem já diz q contém substâncias tóxicas!
Mary Tattoo

Blog Variar disse...

Realmente se for fazer tatoo pensando nos outros voce nao faz, acho lindo e ainda faço uma haihiauh

Blog Variar http://blogvariar.blogspot.com/